QUE SAUDADE!

Aah, saudade! Saudade de um tempo que não volta mais. Saudade das preocupações de criança. Saudade dos amigos de infância. Saudade do tempo em que receber um não dos pais, era o maior sofrimento que se podia ter. Saudade da idade que já passou. Saudade das pequenas coisas. Saudade de tantas pessoas. Saudade de momentos vividos e nunca esquecidos.

Quantas vezes nos pegamos sentindo falta de algo ou de alguém. Relembramos momentos que vivemos e chegamos à conclusão, como eram bons! A vontade é de voltar no tempo! A saudade pode ser descrita como aquele aperto no coração que sentimos quando nos lembramos de pessoas especiais ou momentos que vivemos. O mais intrigante disso tudo, é que quando estamos vivendo aquele momento, nunca imaginamos que um dia sentiremos tanta falta dele. Na maioria das vezes, sentimos falta dos momentos mais simples que vivemos. Por isso a importância de viver e aproveitar cada momento e cada pessoa que amamos, pois pode ser que um dia, só nos reste a lembrança e a saudade.

 Ao meu ver, existem dois tipos de saudade: Tem aquela saudade boa, que nos faz sorrir e lembrar com carinho de alguns momentos. Mas também tem aquela saudade que chega a doer. Dói Principalmente quando nos lembramos de pessoas que marcaram nossa vida, e hoje, por algum motivo, não fazem mais parte da nossa história, ou estão longe de nós por algum tempo. A vida nos separada de alguns e nos une a outros, e assim vai sendo até o fim de nossos dias aqui. E a cada dia, a cada despedida, vai ficando mais evidente a fugacidade de nossos dias.

Um dia ouvi que “saudade é o amor que fica”. Essa frase me marcou, pois refleti sofre o seu real significado. Quando sentimos saudade de alguém, por exemplo, é porque essa pessoa hoje não está mais perto de nós. Então nos lembramos dela com carinho, mesmo não a tendo mais (seja por um tempo, ou para “sempre”). Isso é a saudade. Saudade nos traz boas lembranças, pois não tem como sentir falta de coisas ruins. Sendo assim, a saudade preenche o lugar daquele momento que passou e não volta, preenche o vazio deixado por aqueles que não convivemos mais. É Impossível ser alguém sem “saudades”, todos já sentiram falta de algo ou alguém. Isso é bom, significa que vivemos momentos felizes e que dividimos nossa vida com pessoas especiais.

A saudade faz parte de nós, pois nada é para sempre, o bom dela, é que mantém viva a lembrança! Que possamos aproveitar cada dia, cada momento, cada lanche feito em boas companhias, cada choro consolado por aquele abraço especial. Que saibamos ouvir com carinho aquele conselho dado por alguém em quem confiamos. Que aproveitemos a juventude, pois ela também deixará saudade. Que possamos valorizar os amigos mais chegados que irmãos. Que saibamos valorizar nossos pais e avós, pois a falta deles, principalmente, será enorme. Que possamos viver intensamente nossa vida nessa terra, pois um dia nós também, seremos só saudade para alguém. De maneira alguma isso é ruim, significa que nós fomos, mas nosso amor ficou…

 

Priscila Faria

4 comentários em “QUE SAUDADE!

Adicione o seu

  1. Boa dia pry, me prendi a este texto, enquanto eu lia , em minha mente passou quatro pessoas que marcaram sua vida, claro as que eu vi né?
    Sua mãe ,seu pai ,seu irmão e a Irlena. Kkk
    Lógico que existiram e existem muitas outras mas, foi a que vieram a todo o tempo a minha mente , linda reflexão para iniciar meu dia, paz querida irmã, que Deus a abençoe e que o espírito santo te revele não só textos mas também livros , vc é capaz, abraçosss

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: