CARÊNCIA

Esses dias estava me lembrando de pessoas que eu convivi que entravam em cada “furada” por terem medo de ficar muito tempo sozinhas. Elas até queriam esperar a pessoa certa, mas quando surgia alguém que demonstrava algum interesse, acabavam aceitando, mesmo que não tivesse muito a ver com elas. A carência não é algo que as pessoas admitem ter, muitas dão outros nomes, mas não admitem ser carentes. A carência pode parecer algo inofensivo, sendo considerada apenas como uma maior necessidade de afeto. Acontece que pessoas carentes tem fortes tendências de cometer grandes erros na vida amorosa e nos relacionamentos de maneira geral. Quem nunca viu um amigo(a) entrar numa “fria” apenas por querer alguém do lado?

Quando se trata de relacionamentos gerais, tudo começa quando não aceitamos aquilo que o outro tem a nos oferecer, pois alguém carente, sempre quer mais, mais atenção, mais demonstrações de afeto e sentimentos. Com isso acabam exigindo demais, além do que o outro, muitas vezes, consegue corresponder.

Focando na carência quando se trata de relacionamentos amorosos, podemos identificar de duas maneiras: Ou você não tem grandes exigências e expectativas quanto a pessoa que quer namorar, pelo medo de não encontrar a pessoa ideal e acabar ficando muito tempo sozinho, ou você até tem inúmeras qualidades que espera para pessoa que gostaria de ter ao seu lado, porém, quando conhece alguém que gosta de você, essa lista de qualidades é facilmente deixada de lado. O problema é que pela necessidade urgente de ter alguém com quem estar e dividir a vida, acabam não enxergando coisas que estão nítidas em relação a essa pessoa, e o perigo de entrar em uma “furada” é muito grande. Pessoas muito carentes, as vezes, não sabem se valorizar e escolher o melhor pra si.

A carência tem sido algo tão comum, que se alguém é mais educado, ou sorri, já é motivo para achar que este alguém está apaixonado! Ninguém está livre de se sentir carente em algum momento na vida. Pode ser que você não seja uma pessoa carente, mas por algum motivo tem se sentindo assim. Bom, caso você perceba, saiba que não é o momento de entrar em um relacionamento amoroso, a chance de se decepcionar ou errar na escolha, é bem maior.

Caso você não tenha se identificado como uma pessoa carente, mas quer ter certeza que não tem sido assim, repense a maneira que você se relaciona com as pessoas. Os relacionamentos saudáveis são uma via de mão dupla, não podemos sempre querer apenas receber, ou ser sempre o único que dá algo. Não aceite metade do você merece apenas pela necessidade de ter alguém ao seu lado, você não será feliz assim, SE VALORIZE. Não espere demais das pessoas ou exija além do que elas conseguem dar, nenhum relacionamento sobrevive à isso. Devemos ser felizes com aquilo que RECEBEMOS, mas tendo convicção do que MERECEMOS! Nunca se esqueça disso!

Priscila Faria

Um comentário em “CARÊNCIA

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: